sexta-feira, 1 de outubro de 2010

À outubro, com carinho...

"Acordei com a sensação de que o tempo era outra coisa. 
E a vida também. 
Com uma saudade que tinha feições familiares. 
Cheiro conhecido. Braços longos. 
Que eu tentava sufocar das mais variadas formas e continuava lá, pulsando, doída e doce, desde sempre."  
Ana Jácomo

Existem umas coisas que movem a vida da gente.
E por mais que sejamos responsáveis por nossas próprias escolhas, algumas alternâncias acontecem sem nos deixar muito o que fazer.
A saudade vem movendo meus últimos dias... por ela, sinto vontade de escrever e por ela me anulo, sem saber muito pra onde ir ou o que fazer e dizer...
Caio Fernando Abreu dizia sempre que os dias mais dificeis estão em agosto e setembro.
Pra mim, continuam sendo os de outubro... com suas surpresas e suas alegrias tristes.
Costumo dizer que quem resiste aos meus outubros, resiste à minha vida inteira...
E ela, que hoje é só saudade, anda tentando se trasnformar em resolução...
Talvez seja a massa de ar quente, o céu cinzento e o calor... sinto tanta falta do frio de fora!
... talvez seja esse silêncio ensurdecedor.
A agitação de violinos descompassados, buscando soluções nos sons, é hoje, a ausência que mais me dói...


"Toda alma é uma música que se toca"
Rubem Alves




5 comentários:

Camila Sol disse...

A dor do outro parece sempre menor perto da nossa, mas eu estou aprendendo a ver tudo de forma diferente.
O tempo muito nos ensina e a cada dia aprendemos algo novo. E ficamos mais forte.
Se eu resisti a setembro, você resistirá a outubro. Se não for com as próprias forças, será com os alicerces que você ganhou de presente. Agora você tem uma nova família e tudo é mais fácil quando se tem.
As ausências aos poucos vão sendo preenchidas e logo logo é dezembro.

Natália Oliveira disse...

acho que a saudade é uma das coisas que mais doem na vida. outubro é diferente pra mim tbm, sempre. é meio esquisito isso. gostei muito desse texto pequena e por falar em saudades, eu sinto a sua.

bjooo

Pérola Anjos disse...

A saudade é a dor pelo que se foi e que vive aqui dentro.

Beijos, querida!

@AlvaroWanna disse...

Não sei muito o que dizer. Mas o texto me tocou. Acho que relembrei minhas faltas. To até feliz, porque se senti falta é porque elas existiram. Mas...

Não sei.

bjs
adorei o blog!

@laahmariano_ disse...

Descobri o seu blog atraves do twitter e desde o dia em que eu li pela primeira vez, todos os dias tenho passado por aqui, para que eu me identifique mais uma vez, com esses textos lindos que você faz! As vezes acho que você sabe tudo que eu sinto, porque me identifico milimetricamente com tudo isso aqui..