segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Segunda- feira...

... ao longo da vida, nos deparamos com pessoas o tempo todo.
Aparecem as que vão ficar pra sempre! E as que vão sumir como fumaça, na próxima esquina.
Aparecem aquelas nas quais confiamos desde o primeiro momento. E as que "o santo não bate" de jeito nenhum.
Aparecem as que decepcionam com suas palavras ou com a ausência delas... e as que impressionam e surpreendem com suas delicadezas.
Aparecem as que parecem ter vindo para fazer chorar... e as que assustam a tristeza, com sua capacidade imensa de fazer sorrir...
Aparecem as que deixam rastro de dor pelo caminho... e as que não deixam nada além da doçura de existir.
Aparecem as que a gente não dá nada por elas... e que são realmente as que fazem toda a diferença.

Não sei, mas ultimamente, tenho me achado muito ruim para escrever.
Os dias cheios, a cabeça com um tanto de coisas pra pensar e a vida com um monte de escolhas pra resolver...
Mas eu precisava dizer de algum jeito que se uma pessoa muito especial não tivesse aparecido na minha vida, em meio a isso tudo, todos os meus domingos aqui iam parecer segunda- feira: longos e pesados...
E eu queria agradecer a ele, por toda a paciência do mundo! Todo o carinho, todos os sorrisos, toda a vida compartilhada em cada segundo.

Nada é eterno nessa vida.
E a gente passa o tempo todo procurando uma solução, sem sequer saber se ela existe.
Talvez, procurar é que não é a solução... talvez as coisas aconteçam quando a gente menos espera.
E as pessoas aparecem, vindas de onde a gente nem imagina...

2 comentários:

nelio souto disse...

êita, vontade de saber quem é "ele"
(*rs)

é tudo uma questão de "resposta"... causa e efeito, ação e reação.

Beijo!

Pérola Anjos disse...

O agora é o que importa, o que virá é consequência.

Beijos!