. inspiram .

"A pacata cidade: Inverno em Paris"




...................................................................................

"Quando você ler essas palavras, talvez eu não esteja mais aqui. E, ainda assim, talvez você ouça a minha voz, embargada, em silêncio. Sim, a memória preserva um som que só as lembranças mais bonitas conseguem ecoar. Eu vou estar em algum lugar entre aqui e Paris. Provavelmente em Paris. Lá é mais fácil sofrer - tomando um chá de camomille às dez da manhã, entre um bonjour e um je t'aime - sem soar estranho, sem parecer arrogante. Nas malas, levarei algumas camisas dobradas, alguns poemas incompletos, uma foto sua em preto e branco que você não me deu e a certeza de que tudo o que escrevi até ontem foi para que hoje o dia nascesse mais colorido e a noite dormisse mais sonhada. Queria poder te amar além das palavras, além dessas palavras".

[é mais fácil sofrer em Paris; Antônio]

.......................................................................................


Nenhum comentário: