quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

. maintenant l'été tire à sa fin .


A gente pode ir embora quando quiser, ou ficar pelo tempo que for preciso. Pressinto, algumas vezes, que será longa nossa estadia. E me alegro. Um pouco pelo seu sorriso, outro tanto pela leveza da sua companhia... eu sei que nada é eterno nessa vida. E você também deveria saber que aquele amor antigo, todo errado, não vai durar pra sempre em seu coração, nem se repetir nos próximos olhos em que você se encontrar. Por isso a gente veio, se encontrou aqui e por vezes sente vontade de ficar, seja em mãos dadas, em palavras ou em alguns segundos de silêncio, desses em que você poderia até ouvir o meu coração batendo descompassado.
Ei! Devo te confessar que ontem era tarde, eu tentei dormir e tudo que consegui foi sorrir de lembranças. É bom viver perto de quem nos dá sorrisos em troca de. Ainda bem, tem sido bom viver...






Um comentário:

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.