sábado, 17 de julho de 2010

Pedaços de cá...

"Alguém um dia inventou uma máquina de não sentir dor. A invenção era simples, como devem ser as invenções. Uma folha de papel de seda era lançada no ar, dentro de uma sala pintada de branco e hermeticamente fechada. Num dos cantos da sala um ventilador. E pronto.
Enquanto o papel estivesse no ar, a pessoa estaria torcendo por ele. E a dor que sentia ficava momentaneamente esquecida.

Às vezes, saía um suspiro. Às vezes uma lágrima surgia."


A Máquina, do livro Alguns Leões Falam, do autor Anderson Aníbal


... alguém que eu gosto muito me emprestou esse livro dizendo que queria que eu lesse. 
e li tão rápido e gostei tanto que alguns pedacinhos dele vão aparecer por aqui algumas vezes.
para que quem lê o "As Cores Dela" tenha a oportunidade de conhecê- lo também...
obrigada pelo empréstimo Sr. Nelio Souto. =)

3 comentários:

ana sandim disse...

Lindo o trecho.

eu só não sei o que comentar, por que quando entro neste blog.. saio cheia de amor.. uma paz.. algo que floresce..

acho que o amor contagia as pessoas.. e eu sou a prova disso...
bom ler vc.

Mirela disse...

Tenho acompanhado seu Blog ultimamente... descobri-o por acaso... e confesso que fico aguardando ansiosamente pelo que virá... para trazer novos ares ao meu dia...
uma beijoca enorme.
Fica no colo do Pai!

Anônimo disse...

Adorei esse texto, assim como todos os outros que tu postas nese blog. Gosto muito de lê-lo!