quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Guarda-sol...

"E quem prezou por nós,
E deu-te guarda-sol para não queimar o amor?"
Monograma
 
- O que aconteceu dessa vez?
- Não sei. Tenho achado o mundo tão bonito!
- Olha! Fico feliz em saber disso.
- Ainda não sei se fico feliz ou triste. Sei só que foi melhor assim.
- Como assim? O que "foi melhor assim"?
- Foi melhor esquecer e perceber o quanto de tempo eu perdi. Me dá aqui dentro uma certa tristeza em pensar. Mas dizem que é só não pensar mais e é isso que estou tentando fazer.
- Também acho que foi melhor assim. As coisas não mereciam ser como estavam sendo.
- Eu pensei sabe. Outro dia me debrucei na janela e fiquei olhando pras estrelas esperando que elas me dessem alguma resposta. Queria entender por que ele nunca entendeu que as coisas podiam ser bem mais simples. Era só ele aprender a ver...
- Acho que é você quem aprendeu a ver dessa vez.
- Sim. Aprendi. Queria tanto que tivesse dado certo! Mas quando não deu, é que reaprendi a olhar pro mundo.Percebi que existe tanta coisa legal! Tanta coisa bonita! E que todas essas tantas coisas estavam passando tão despercebidas que me deu vontade de chorar. Me doeu deixar a vida passar na minha frente sem segurá-la com toda minha força. Recolhi então, todos os caquinhos que restaram no chão e fui! Não deixei nada. Tudo já tinha ficado pra trás...
- E se ele sentir sua falta?
- Desejo do fundo do meu coração que ele seja feliz. Mas meu tempo anda meio sem espaço...
- Tempo? Espaço?
- Não há espaço nem tempo pra ele mais aqui dentro. Gastou tudo! Mas dessa vez vou comprar um guarda-sol...
- Guarda-sol?
- É! Pra proteger meu amor novo...
- Olha! Então você se apaixonou outra vez?
- Não não. Mas talvez o mundo tenha mais sorrisos do que eu imaginava. 
- Você e suas confusões.
- Não são confusões. São apenas quase certezas...

3 comentários:

Natália Oliveira disse...

talvez os seus olhinhos tenham se modificado. os nossos olhinhos, eles devem ter voltado a ver as cores. =)

ana sandim disse...

acredito que estão vendo bolinhas coloridas a saltitar em mãos mágicas.
a magia aconteceu.. não deixe que ela escape de vc.. ( é isso) Bjos

João Killer disse...

Com a inspiração das músicas do Monograma só poderia sair um texto belo e simples como esse. Gostei!